Categorias
Especiais

Por que Deus permite o sofrimento?

Questionar o por que Deus permite o sofrimento, em muitos casos, é visto como falta de fé por muitos. Deus, ao longo da Bíblia, sempre se mostrou acolhedor com aqueles que têm e nutrem dúvidas. Então, por que Deus permite que haja sofrimento no mundo?

Para entendermos tais motivos, precisamos remetermos até o passado, quando Adão e Eva desobedeceram a Jeová. Satanás, com isso, questionou a capacidade de Jeová em governar.

O diabo, assim, sustentava que um governo sem Jeová seria muito mais adequado, como um claro ataque à soberania de quem comandava.

Por que permitiu o sofrimento?

Com esse questionamento perante à autoridade de Jeová, o governante deu a outra face, permitindo que Satanás o mostrasse a maneira “correta de governar”. Além disso, deu também aos rebeldes do Éden o gosto da vivência sob o poder do diabo. 

Jeová, assim, mostrou que nem Satanás, nem mesmo os próprios homens, são capazes de governar da melhor maneira, falhando miseravelmente na missão. Rebeldes, eles precisariam aprender uma dura lição.

Por que durar tanto tempo de sofrimento?

Primeiramente porque Jeová não mostraria a Satanás e aos rebeldes que eles seriam incapazes de governar. Ele daria tempo para que estes fossem capazes de reconhecer tão limitação para governar.

Por essa razão, Jeová deu-lhes tempo. Tempo para que, através dos sofrimentos oriundos dessa ausência de governabilidade adequada, aprendessem a lição. Absorvessem as dificuldades percebidas e assim reconhecessem a capacidade de Jeová os governar. 

O sofrimento é oriunda rebeldia e o tempo existente está ligado intimamente à aprendizagem dos humanos perante à ausência de autoridade, capacidade e genialidade de se governar dos meros mortais e do próprio Satanás.

Enquanto isso, Deus sempre estará à procura de seguidores fiéis, que vivenciem tal sofrimento, superem este momento ruim e danoso, mas se salvem na eternidade ao lado do Pai de todos nós. 

Categorias
Especiais

Qual o melhor dia para montar o presépio de Natal?

Você sabe qual o melhor dia para montar o presépio de Natal? Com a chegada da reta final de ano, o Natal também se aproxima. Com isso, as celebrações, é claro, envolvem enfeites, a armação da árvore e, claro, a montagem do presépio.

Entretanto, você sabe qual a melhor data para a montagem do presépio? Bom, saber a data exata é mais fácil do que se imagina.

Como saber a melhor data para montar o presépio?

Só de pensar na reta final do ano para logo vir à memória toda a celebração de Natal: a comemoração do nascimento de Cristo, a bela árvore e, claro, a reprodução do nascimento do pequeno Jesus em um presépio.

Em comum acordo, é importante frisar que a melhor data para montar o presépio de Natal é no primeiro final de semana do Advento. Ele tem como proposta criar o sentimento natalino em toda a comunidade católica, fazendo-os criar um clima de celebração do nascimento de Jesus.

Quando é a primeira semana do Advento

O tempo de Advento é para a igreja Católica o momento de maior mergulho na mística cristã. É tempo de esperança, de atenção e vigilância. É a preparação inicial para a alegre vinda da chegada do Senhor.

Vale destacar que o tempo de Advento começa exatamente quatro domingos antes do Natal e se estende até as primeiras vésperas do Natal de Jesus Cristo.

A preparação do presépio de Natal

Agora que você já sabe quando começar a preparar o seu presépio, como você deve prepará-lo? Pois bem, um presépio precisa ser simples, sem glamour ou fora da realidade de uma manjedoura que concebeu o menino Jesus. Opte por materiais simples, que remetam a humildade que sempre propagou Jesus em vida.

Portanto, não se importe com detalhes chiques. Um presépio deve ser simples, ter o coração de quem o fez e a certeza de que a presença de Deus estará lá, para, novamente, trazer Seu bom filho de volta a Terra, agora em espírito.

Categorias
Especiais

Como eu posso enfrentar o medo com o amor de Deus?

Medos, anseios e mãos trêmulas. O demônio age no nosso corpo de várias maneiras diferentes. O medo é uma delas. Reclusa-nos a ficarmos isolados e nos mantém distantes de nosso objetivo.

Como superar isso e conseguir deixar de lado tudo o que nos impede de progredir, evoluir e assim nos destacar? O medo pode vir de várias formas, mostrar várias faces e nos aterrorizar de maneiras diversas.

Por meio de traumas, temores e receios. Ou ainda por preocupações, suspeitas ou meras dificuldades de um passado recente.

De qualquer forma, o medo é a atuação das forças ruins sobre nós. Somente a força de Deus e o estreitamento no relacionamento com Ele é capaz de colocar um ponto final no mau que cerca a pessoa que teme.

“Mas eu, quando estiver com medo, confiarei em ti. Em Deus, cuja palavra eu louvo, em Deus eu confio e não temerei. Que poderá fazer-me o simples mortal?” (Salmos 56:3-4)

Enfrentando o mau e superando os medos

Com amor em Deus, fazemos uma oração breve da sua preferência. Antes de tudo, um ambiente tranquilo deve nos apaziguar e nos manter em uma conexão maior com Deus. 

Bendito Pai,

Com sua força, peço que elimine os medos do meu dia a dia.

Pai, sinto as forças do mau e suplico a Ti que me proteja.

Não deixe que me tomem, que me assumam e que me assustem.

Quero o Senhor ao meu lado, pois ao seu lado me manterei.

Obrigado, Pai.

Amém!

Através de uma oração simples já conseguimos estabelecer uma maior conexão com Deus. Agora, Ele está ao seu lado. Ele passa a ser um protetor direto. As forças Dele agem sobre você e a tranquilidade começa a aparecer. 

“Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.” (Salmos 23:4)

Deus é maior que todos os perigos e medos a serem enfrentados. Tudo o que há de ruim e que pode acontecer neste mundo não se compara jamais à glória do Senhor. Justino Mártir, certa vez, afirmou que “podem nos matar, mas jamais poderão nos fazer mal”. 

Deus está conosco protegendo de todo o mal

Deus jamais deixará um fiel na mão. Mesmo em meio às trevas, ele trará luz e será capaz de iluminar o caminho, trazer segurança e permitir a tranquilidade. 

“O próprio Senhor irá à sua frente e estará com você; ele nunca o deixará, nunca o abandonará. Não tenha medo! Não desanime.” (Deuteronômio 31:8)

Portanto, não abaixe a cabeça se não for para uma oração para uma maior conexão com o Senhor. Deus estará ao seu lado, enfrentando os tortuosos caminhos e lutando ao seu lado contra os seus medos mais profundos.

Categorias
Especiais

Teste do casamento: se seu marido faz algumas dessas coisas, o seu casamento pode estar em risco

O casamento não está às mil maravilhas de antigamente? Pode ser que alguma coisa esteja atrapalhando a vida a dois. Mas como descobrir se o seu marido ainda te ama e quer manter os laços selados aos olhos de Deus?

Bom, há um teste do casamento capaz de ajudar a descobrir se o marido ainda te ama e está fiel ao compromisso do matrimônio pela graça de Deus. Confira!

Teste do casamento: 20 coisas que você precisa ficar atenta

  1. Ele costuma demorar para responder às suas mensagens.
  2. Ele cancela os planos a todo o momento.
  3. Ele não reza mais com você.
  4. Ele não gosta mais de ir à igreja.
  5. Vocês brigam pelo menos uma vez por dia.
  6. Vocês brigam pelo menos uma vez por semana.
  7. Ele recorreu aos vícios (cigarro, bebidas, pornografia).
  8. Ele já se mostrou desinteressado em algum momento.
  9. Vocês já decidiram terminar e acabaram voltando.
  10. Ele já disse que você está louca, dissimulada ou “inventando coisas”.
  11. Ele costuma chegar em casa muito tarde.
  12. Ele faz você sentir a culpa pelas brigas a todo o momento.
  13. Ele não quer mais fazer sexo com você.
  14. Ele não elogia a sua aparência.
  15. Vocês nunca mais saíram juntos e sozinhos.
  16. Ele diz que tem saudade de ser solteiro a todo momento.
  17. Ele te critica a todo momento e tenta te controlar sempre.
  18. Ele menospreza as suas conquistas.
  19. Ele nunca liga para saber como você está.
  20. Ele não ajuda na criação dos filhos ou em casa.

Respostas do teste do casamento

  • 0 a 5: se você respondeu entre 0 a 5, é preciso ficar em alerta, pois o seu casamento pode estar em risco, visto que o seu marido pode estar desanimado com o matrimônio. Pode ser interessante conversar.
  • 6 a 10: se você se identificou com 6 ou 10 itens, então o casamento está passando por problemas há algum tempo. Tente conversar com um amigo e desabafar para tentar resolver a situação.
  • 11 a 15: se você viu entre 11 a 15 itens do casamento na sua lista, pode ser que seu matrimônio esteja em risco. Faça a oração do casamento para superar esta má fase, busque a ajuda 
  • 16 a 20: se você diagnosticou entre 16 e 20 ações no teste do casamento, talvez seja a hora de você mesmo repensar a relação e buscar soluções palatáveis. Conversar com o padre, fazer uma oração, buscar uma ajuda profissional e deixar as mágoas no passado. O matrimônio, aos olhos de Deus, é sagrado e lembre-se que ele quer ver Seus filhos felizes. 

O que fazer para saber quando meu casamento está em risco?

Colocar um fim no casamento é uma ideia inconcebível. É essencial buscar consertar, encontrar soluções e então, juntos, virar o jogo e possibilitar uma reconciliação.

“Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe.” – Mateus 19:6

Lembre-se sempre da união como o gesto de unificação perante Deus. Por mais que possa estar difícil, saiba que, ao lado do seu marido, todas as adversidades podem ser superadas.

Categorias
Especiais

Como encontrar a felicidade em Deus?

Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Salmos 1:1-3

A felicidade é uma linha tênue que depende constantemente do contato com Deus. A vida não começa ao nascermos e não vai terminar na nossa morte. Estamos aqui de mera passagem, até que deitamos novamente no colo do Pai Celestial.

Deus nos criou. Conhecemos Ele antes de chegarmos à Terra. Estávamos na Sua presença. Amávamos Ele de perto e, mesmo a distância, seguimos em contato constante através da alma, da paixão, do amor e das orações diárias.

Quando nossos pais na Terra nos criam, eles sabem que precisam deixar o filho andar pelas próprias pernas. É o mesmo caminho feito por Deus quando criou cada um de seus filhos e os enviou à Terra.

Ele permitiu que você viesse à Terra. Ele permitiu que desfrutemos deste belo planeta. Ele está conosco, mas é a distância física de Deus – que tanto temos próximo antes de nosso nascimento – que nos deixa, por vezes, tão infelizes. 

Deus não disse que era fácil, mas prometeu que estaria conosco em forma do espírito santo. A dificuldade da jornada está em entender que, quanto mais infelizes estamos, mais afastados de Deus ficamos.

É neste momento que a fraqueza impera e a sedução do diabo começa a surgir. Por isso, há um caminho a ser feito para se manter sempre ao lado de nosso Pai Celestial. 

O caminho para a felicidade ao lado de Deus

Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquan­to vive. Eclesiastes 3:12

Para alcançar o caminho da felicidade, Deus propõe alguns mandamentos para seus filhos enquanto estejam em vida na Terra. São eles:

  • Exercer a fé cristã e o amor em Deus;
  • Arrepender-se dos pecados cometidos;
  • Ser batizado no templo do Senhor;
  • Permitir a entrada do Espírito Santos todos os dias;
  • Seguir os ensinamentos de Deus todos os dias pelo resto da vida;

Desta maneira, Deus estará presente com constância. A todo o momento ele se manifestará em presença daqueles que mais precisam, daqueles que mais buscam e distante das seduções dos demônios.

Estar feliz é estar próximo de Deus, espiritual e fisicamente. Portanto, em momentos de fraqueza ou tristeza, saiba que você está se distanciando Dele.

Não se permita fraquejar. Mantenha-se firme e fortaleça a conexão com uma oração pela felicidade e a proximidade com o Senhor.

Categorias
Especiais

Qual o pensamento de Deus sobre as mulheres?

Você já parou para pensar o que Deus pensa e reserva às mulheres? Ultimamente, notícias sobre agressões, maus-tratos e discriminação contra as mulheres parecem ter se tornado rotineiras no mundo atual.

Mas será que é essa a imagem que Deus quer passar às suas amadas filhas? Com certeza não. Deus jamais se agradará dos maus-tratos entre semelhantes.

Portanto, nada justifica incentivar a violência contra a mulher. Nada! Os parceiros devem ser amorosos, carinhosos e, acima de tudo, zelosos. Cuidar, proporcionar segurança e o devido conforto às mulheres.

Além disso, na própria Bíblia, em meio às leis de Deus, é possível observar como há milhares de anos Ele já falava sobre o modo correto de se tratar as mulheres.

Como Deus sugere o tratamento às mulheres

Desde cedo, as leis de Deus sempre promoveram o respeito e a proteção às mulheres. Abusos eram considerados atos condenáveis, passíveis de punição divina. 

Filhos eram ensinados a, desde sempre, prezar pelo respeito à autoridade da mãe. A mulher, por sua vez, tinha um papel essencial nos cuidados e na educação dos pequenos até a sua fase adulta.

Entretanto, não apenas isso. Em várias de suas passagens, Deus sempre fez questão de destacar a liberdade, os direitos ao trabalho, o respeito e a dignidade à mulher.

Deus diz que a mulher deve ter o papel importante

A mulher jamais deverá ser subjugada pelo homem. Aos olhos de Deus ela é igual e tão importante quanto o homem. Afinal, desde os primórdios, ela serviu como o apoio e o suporte aos filhos e ao próprio marido.

De uma habilidade inigualável, a mulher evoluiu junto à sociedade. Nos dias de hoje, a agressão já deveria ter sido extinguida. A liberdade para trabalhar já não deveria ser uma exceção. O respeito e a dignidade deveria ser o padrão.

Portanto, aos olhos de Deus, o homem que não confere o mínimo de respeito, ainda não está pronto para o reino do Senhor. Ainda não é capaz de respeitar as santidades e as imagens de mulheres que cercam Deus.

O amparo a Jesus, enquanto crucificado, veio de uma mulher. Os cuidados e o zelo por quem se sacrificou pelos pecados humanos foi uma mulher. Uma mulher, que até os últimos dos dias, devotou-se a cuidar e teve a liberdade de escolha para fazer o que quisesse e, recebeu em troca, o respeito, a dignidade e o carinho eterno de Deus.

Categorias
Especiais

10 mensagens que Deus quer enviar para você hoje; a quarta mensagem vai te emocionar

O dia de hoje sempre será o mais importante para Deus conversar com você. É neste momento que ele estabelece a Sua conexão com o seu ser e envia mensagens graciosas em uma ponte capaz de tocar a todos os Seus filhos.

Por isso, Deus tem 10 mensagens importantes para te enviar no dia de hoje. Dez mensagens capazes de tocar o seu dia, mudar o seu futuro e ajudar tantos outros.

Portanto, não esqueça de enviar este texto para outras pessoas, com o intuito de fazer Deus tocar mais e mais corações a cada dia. Veja!

As 10 mensagens que Deus te envia hoje: você aceita?

Sabe aquela mensagem para acordar e inspirar? Então, é esta que Deus quer te enviar, fazer entrar no seu coração e abençoar o seu dia, sua semana, seu mês… sua vida! Você as aceita? Então continue a ler!

1) Não tema o dia de hoje e muito menos o amanhã

Deus estará contigo em todos os momentos, decisões e amparando as dificuldades. Portanto, não desestimule e jamais desista de enfrentar de peito aberto, pois Deus estará ao lado, na alegria e na tristeza.

2) Deus cuida de você

Deus sempre cuida de você. Está com você. Dá o suporte a você. Por isso, não tenha medo de se sentir solitário. Deus está cuidando e zelando pelo seu bem-estar e a sua saúde. É o plano Dele estar ao lado dos queridos filhos.

3) Você não está sozinho

Resista aos momentos de tentações, pois Deus sempre estará observando de perto as suas ações. Você nunca está sozinho. Deus estará sempre com você; em todos os momentos; em todas as decisões.

4) Deus ama você todos os dias

Deus sempre ama. Todos os dias! Não existe Deus desistir de um filho. Mesmo diante dos pecados, Deus é capaz de nos amar. O amor que Deus sente é puro, intransponível e inquebrável. 

5) Deus te cura e te abençoa

A cura será a salvação. Ser salvo é estar nos braços de Deus. E os braços de Deus sempre estarão disponíveis aos seus queridos filhos.

6) Deus te dá a paz

Deus dá a paz necessária para conseguir escolher, acolher e promover os trabalhos, as escolhas e as certezas do dia a dia. A condição para a tranquilidade e o abraço para seguir caminhando no cotidiano.

7) Nada te faltará jamais enquanto tiveres Deus

Nada te falta enquanto Deus suspira. As gloriosas dádivas das mensagens de Deus garantirão um dia após o outro muito mais abençoado.

8) Deus age pelo bem

Deus age pelo bem. O bem de todas as coisas que ama, daqueles que forem de acordo ao seu propósito e estão dispostos a entregar sua vida a Ele.

9) Descansarás aos pés de Jesus

Ao final de todo dia, Jesus será o conforto, o recanto e o descansar será em seus braços seguros, capazes de zelar por aqueles que ele se sacrificou para salvar. 

10) Deus sempre estará com você

E não esqueça! Deus está contigo, mesmo no mais perigosos dos vales da morte, perigo nenhum é capaz de atacar o servo de Deus. A proteção está garantida e é nesta mensagem de Deus que o zelo é a certeza de todos os dias.

Categorias
Especiais

Cuidado com estes 9 pensamentos durante o casamento, pois eles podem colocar o matrimônio em risco

O casamento em risco pode desencadear alguns pensamentos nocivos para a relação. Quais são eles? Como se desfazer? Como salvar o casamento que parece fadado ao fim?

Bom, neste artigo separamos alguns pensamentos para dar um fim o mais rápido possível para quem deseja um casamento agradável, feliz e duradouro. Confira!

Quais são os 9 pensamentos que colocam o casamento em risco?

Os desentendimentos são comuns em qualquer casamento. Contudo, é sempre importante a atenção a estes nove tipos de pensamentos que podem arruinar toda relação duradoura.

Pensamentos que podem prejudicar o casamento. (Reprodução/Pixabay)
  1. “Não vou aguentar viver assim por muito tempo”

Claro que você não precisa seguir vivendo da forma que vive. Mas é importante encontrar o problema, conversar com o parceiro e assim, juntos, encontrarem o denominador comum para resolver a situação.

  1. “Só não me separo por causa dos filhos”

Filhos nunca devem ser a razão para a continuidade de um casamento. É conferir um peso indevido a quem sequer está envolvido na relação. Uma boa alternativa é alimentar a paixão e o companheirismo, a fim de reacender a chama do amor do passado.

  1. “Preferia não ter nem o conhecido”

Você realmente acredita nisso? Porque é apenas focar nas divergências do matrimônio. Procure reconectar com seu eu interior, para depois abrir o coração para o cônjuge, a fim de colocar panos quentes na situação.

  1. “Qualquer coisa eu me separo”

Se você leu este texto até aqui é porque está disposta a lutar. Pensar isso é praticamente desistir da decisão do seu eu do passado. O esforço é grande, mas recompensador sempre.

  1. “Ele não serve para mim”

Serviu no passado. Serve no presente. Servirá no futuro. O pensamento deve ser redirecionado para os pontos positivos do cônjuge, jamais nos negativos. 

  1. “Há tantos homens por aí, eu não preciso ficar com ele”

Todo mundo tem defeitos. À primeira vista tudo parece perfeito. Os primeiros meses de paixão ardente, da companhia constante e das decisões impensadas. Mas quem esteve disposto ficar ao seu lado nos momentos mais difíceis dos últimos anos? Pense nisso!

  1. “Eu não tenho que mudar”

Ninguém precisa mudar. Nem você, nem o cônjuge. Contudo, alguns comportamentos podem ser acordados para evoluir na relação. Dessa maneira, ambos cedem para encontrar o melhor caminho para a relação.

  1. “Estou casada, mas não morta”

Sentir atração por outras pessoas não deixa de ser uma forma de atração, sobretudo quando você se permite sentir isso e não faz nada para mudar. Se o casamento foi sacramentado, é preciso no mínimo respeito com o compromisso.

  1. “Saudades de quando eu era solteira”

O casamento é um encontro de almas, de companheiros para toda a vida. Se no passado você escolheu deixar a vida solteira, por que sente saudade de algo que desistiu de ato pensado? 

Como se desfazer dos pensamentos que botam o casamento em risco?

Você quer uma coisa, ele quer outra. Você concorda, ele discorda. O casamento lida com negociações todos os dias. A coexistência cria conflito. Os problemas diários também são um fator que afeta o relacionamento entre marido e mulher. Os dois terão que enfrentar situações difíceis juntos. Haverá momentos de dúvida, depressão e tristeza. O mais importante é não permitir que esses problemas afetem seu relacionamento com seu cônjuge. 

Se algo acontecer, não culpe seu relacionamento, não desista de morar junto por causa de uma briga que aconteceu uma noite. Cada caso é diferente, mas o importante é lutar pelo relacionamento, resolver os problemas juntos e focar nas coisas realmente importantes e nos bons aspectos do relacionamento. Os problemas podem empurrar ou aproximar os casais, dependendo de sua escolha.

Como salvar meu casamento? (Reprodução/Pixabay)

Como salvar o casamento que parece estar terminando? 

Não existe uma fórmula secreta ou uma receita de bolo para isso. Contudo, preparamos um artigo que pode dar um norte nas decisões do seu casamento e fazê-lo voltar aos tempos de ouro. 

Feliz, como sempre deve ser.

Categorias
Especiais

10 conselhos fundamentais dos Santos Milagreiros que todos deveríamos ouvir

Conselhos sempre fazem bem em momentos de dificuldade. É possível tirar o melhor deles e assim compreender a melhor forma de sair de uma situação desagradável no presente e então evoluir no futuro.

Seja de pai, mãe, amigo, padre ou dos Santos Milagreiros, como neste caso, é importante que conselhos somem e auxiliem a pessoa que busca se encontrar a decifrar o seu caminho diante da dificuldade.

Os 10 conselhos dos Santos Milagreiros para mudar a sua vida

Sabe aquele conselho capaz de mudar a sua percepção da própria vida? Então, separamos 10 conselhos fundamentais dos Santos Milagreiros para você. Veja!

Na palavra de Santo Agostinho, é sempre importante lembrar que, seja a parte do mundo em que estiveres, o Senhor sempre estará próximo, portanto jamais te preocupes. 

Enquanto isso, no conselho de Santo Afonso de Ligório, para sempre estarmos ligados a Jesus Cristo, precisamos estar tranquilos, jamais inquietos, e, independentemente da dificuldade, canalizar as crenças a Deus, pois ele jamais morará nos corações dos agitados.

Em São João da Cruz temos que a pessoa que assume caminhar ao lado de Deus jamais se afastará de si mesmo, da sua consciência, das suas paixões e será capaz de superar todas as adversidades. 

Continuando em São João da Cruz, um novo conselho: mesmo que realize muito, jamais alcançarás a perfeição. É preciso sempre aprender com os erros, mesmo que mínimos, e evitar atingir a todo o momento a perfeição nas próprias ações ou decisões.

Já em Santa Teresa de Ávila temos uma frase que resume seu conselho: “Não se deixar perturbar, nem deixar a oração”, pois, afinal de contas, é este o objetivo do demônio.

Na sequência, Santa Teresa de Ávila ainda reforça ainda a necessidade da paciência para evitar que pensamentos pertubem a calma da busca pelo amor de Deus.

São Bernardo, por sua vez, lembra que sempre precisamos estar unidos a Deus. Pois distantes desta união, estaremos divididos em nós mesmos, internamente.

Dando continuidade a São Bernardo, São Francisco Xavier indica nossa necessidade de entendermos que somos incapazes, que Deus é o todo-poderoso e é n’Ele, somente, que devemos depositar toda a nossa confiança.

Para arrematar, São Pio de Pieltrecina lembra que precisamos viver na paz para não nos deixar sermos tapeados pelo demônio. Complementa, também, para rezarmos e esperarmos; não nos agitarmos.

Lembrar, portanto, que Deus é misericordioso e sempre estará disposto a ouvir nossas preces de cada dia.