terça-feira, 29, novembro 2022
InícioGeralMenino de 11 anos que fugiu sozinho da guerra na Ucrânia reencontra...

Menino de 11 anos que fugiu sozinho da guerra na Ucrânia reencontra família na Eslováquia

Cerca de 3 milhões de refugiados deixaram a Ucrânia desde o começo do conflito armado entre o país e a Rússia, que se iniciou no dia 24 de fevereiro. Entre esses refugiados está Hassan Al-Khalaf, uma criança de apenas 11 anos de Zaporizhzhia, um município localizado no sul do país ao longo do rio Dnipro, onde a Rússia assumiu o controle de uma usina nuclear.

Hassan é uma das mais de 1 milhão de crianças que percorreram a perigosa jornada para fora de seu pai que está devastado pelo conflito.

Uma instituição de caridade chamada Save The Children relatou em um comunicado que relatórios da fronteira segurem que muitas crianças estão fugindo sozinhas após serem enviadas pelos próprios pais que não conseguiram deixar o país, mas queriam que os filhos tivessem a oportunidade de se salvarem dos ataques efetuados pela Rússia. Continuou dizendo que já outras crianças foram separadas de suas famílias mo momento da fuga de suas residências. Grande parte das crianças refugiadas que chegaram sozinhas tem menos de 14 anos e mostram sinais de danos psicológicos.

A criança chegou até a Eslováquia de trem e andando, viajando mais de mil quilômetros a oeste. O menino de apenas 11 anos trouxe consigo somente uma sacola plástica com suas coisas, incluindo o seu passaporte e um número de telefone escrito na palma de sua mão.

Os guardas da fronteira do país e alguns voluntários se reuniram para ajudar Hassan durante sua jornada de muita angústia, utilizando o número do telefone para reunir o menino com seus irmãos mais velhos, incluindo o seu irmão, que estuda na capital.

Conforme a Reuters, o menino relatou que a sua esperança o levou no caminho.

A mãe do menino, Pisecka Yulia Volodymyrivna, viúva, tomou a dolorosa decisão de enviar o filho de apenas 11 anos para fora da Ucrânia para que ele ficasse em segurança, ficando para trás para cuidar de sua mãe, uma senhora de 84 anos, que não anda mais.

Através de uma gravação de vídeo, a mãe da criança agradeceu a todos os guardas da fronteira e os voluntários por ajudar seu filho.

Ela declarou que não pode abandonar sua mãe de 84 anos que não consegue andar sozinha. Por esse motivo tomou a decisão de colocar o filho em um trem para a fronteira com a Eslováquia, onde foi recebido por pessoas de bom coração. Ainda pediu para eles salvarem as crianças ucranianas.

Fonte: Razões para Acreditar

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments