terça-feira, 29, novembro 2022
InícioEducaçãoComo saber se Deus aprova o meu namoro?

Como saber se Deus aprova o meu namoro?

É inevitável quando se conhece alguém, questionar se o namoro ou o casamento é aprovado por Deus. Afinal, é uma dúvida pertinente, principalmente para jovens que estão entrando aos poucos no relacionamento.

Para saber e entender as nuances da aprovação de Deus e do namoro, é preciso compreender a palavra de Cristo. Em Gênesis (2:18), temos:

Então o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele al­guém que o auxilie e lhe corresponda”. (Gênesis 2:18)

Com isso, sabemos que o homem jamais poderá estar só, disponibilizando-se a trazer, consigo, em sua caminhada o seu grande amor; a futura esposa e progenitora dos filhos. Contudo, como saber quando o relacionamento é aprovado por Deus?

Como descobrir se o namoro é aprovado por Deus

O namoro só é aprovado por Deus quando ambos são devotos do Senhor. Isso é de praxe e precisa ser definido antes da relação se aprofundar. Portanto, os dois devem concordar em entregar o relacionamento para Deus, a fim de tê-lo abençoado.

Dessa maneira, é necessário compreender o namoro como o princípio do casamento, uma espécie de “treinamento” e assim integrar a Deus e a si um relacionamento amplamente abençoado.

Deus define a imoralidade sexual

Assim que o namoro for consolidado com entendimento mútuo de entrega a Deus e ao Seu propósito, a imoralidade sexual jamais deve prevalecer. O desejo deve ficar em segundo plano, enquanto o objetivo deve ser glorificar a Deus.

“Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo. Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de vocês mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo.” (1 Coríntios 6:18-20)

Relações íntimas após o casamento

Por essa razão, as relações íntimas só deverão ocorrer depois do casamento. O casamento é a benção final do relacionamento. É o momento pontual de consolidação do abençoar a Deus.

Dessa forma, o casamento dará a permissão, aos olhos de Deus, para a relação íntima, que deverá ter como único objetivo a reprodução e nunca a exacerbação do prazer humano.

Idas à igreja juntos

Por fim, idas à igreja! Seu parceiro está de acordo com as idas à igreja? Então Deus está na relação, pois a casa do Senhor receberá aqueles que estão dispostos a se entregarem a Ele.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments